Receba as notícias por e-mail

terça-feira, 21 de março de 2017

Plano de Metas do Butantã

No mês de abril serão convocadas as Audiências Públicas para que a população analise e proponha revisões ao Plano de Metas 2017. Haverá uma na região do Butantã que ainda não foi marcada pelo poder público, mas sabendo que o tempo de discussão sempre será curto diante de tantas Metas, bem como da complexidade da cidade de São Paulo e de cada uma de suas regionais, o Conselho Participativo do Butantã convida a sociedade civil para um encontro no dia 23 de março, quinta-feira, às 19h00 Na Prefeitura Regional do Butantã (Rua Ulpiano Costa Manso, 201 - Peri-Peri). A ideia é de que todas as redes, conselhos e fóruns temáticos e territoriais participem com o objetivo de organizar previamente as representações e demandas da população do Butantã. Nesse encontro, serão alinhadas demandas e discutida a melhor dinâmica de apresentá-las na Audiência Pública, de forma a agilizar a discussão e permitir que as prioridades do território sejam apontadas e o Plano de Metas seja de fato construído com a participação da população.

Violência contra a mulher em situação de rua

Existem na cidade de São Paulo aproximadamente 2.300 mulheres em situação de rua, segundo dados de abril de 2016, divulgados pela Coordenadoria do Observatório de Políticas Sociais da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social da Prefeitura de SP. Os relatos obtidos por pesquisadores junto a essas mulheres apontam para uma vida marcada por experiências de pobreza; violências sexual, física e psicológica; dependência de drogas; rompimento dos laços familiares; gravidez indesejada e prostituição. O Debate CEDEM abordará o cotidiano dessas mulheres, os centros de acolhidas, as gestantes, sequestros de bebês e as mudanças nas políticas públicas após a aplicação do censo para essa população, iniciado na gestão Luiza Erundina (1989-1993). No dia 29 de março, quarta-feira, às 18h30, este será o tema do Debate Cedem, com a participação da Profa. Ma. Luciana Marin Ribas (Advogada; Mestra em Direito Constitucional pela PUC-SP; Doutoranda em Direitos Humanos na Faculdade de Direito da USP. Pesquisadora da Clínica Luiz Gama de Direitos Humanos (USP). Atuou como coordenadora de gabinete da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo entre 2015 e 2016); Muna Zen (Assistente Social e presidente da Associação dos Profissionais da Assistência Social do Estado de São Paulo; Membro da Comissão Científica da Mulher da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo; Consultora da Casa de Isabel – primeiro Centro de Apoio a Mulher, Criança e Adolescente Vítima de violência) e mediação da Profa. Dra. Maria Leandra Bizello (Pós-doutora em Ciência da Informação pela Universidade do Porto, Portugal. É professora do Curso de Arquivologia e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp, Câmpus de Marília). O Cedem fica na Praça da Sé, 108 – 1º andar (metrô Sé). Informações: 3116–1701. Inscrições gratuitas: http://www.cedem.unesp.br/#!/evento1


Conselho Gestor Parque Chácara do Joquei

No próximo domingo, dia 26 de março, das 10h00 às 17h00, acontecerão as eleições para o Conselho Gestor do Parque Chácara do Jóquei. A conquista do Parque foi uma etapa importante de luta da comunidade, por mais um espaço público de convivência, lazer e cooperação. Preservando e ampliando aquela área verde, vital para a qualidade de vida de nossa região. No dia 25 de março, sábado, às 10h00, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima (Rua Nossa Senhora do Monte Serrat, 316 - Ferreira) acontecerá uma roda de conversa para apresentação dos candidatos(as). Conheça as candidatas do Movimento Parque Chácara do Jóquei, além dos outros candidatos da região, como a turma que faz o debate sobre políticas de cultura e economia solidária. Participe, compartilhe e divulgue o Face do Movimento: https://www.facebook.com/movimentoparquechacaradojoquei

Segurança Pública para leigos

A segurança pública é um tema muito discutido recentemente nas redes sociais e nas conversas informais entre amigos. Na hora que a pauta surge, é normal recorrer a algumas "ideias tradicionais", discursos prontos e pouca profundidade. Isso é normal e nem todo mundo é obrigado a ser especialista em nada e é democrático debater com qualquer um, independentemente do nível de conhecimento de cada lado. No entanto, para quem quer começar a se aprofundar na coisa, existem alternativas. Em uma iniciativa da Oficina Municipal com a Fundação Konrad Adenauer Brasil acontece em duas noites (terça e quinta-feira, dias 21 e 23 de março) o curso "Segurança Pública para leigos", primeiro tema do Programa Políticas Públicas, que terá sempre este formato: duas noites em uma conversa com um especialista convidado. Os encontros acontecerão na Oficina Municipal, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo, perto do Metrô Faria Lima (Linha 04, Amarela), 21 e 23 de março, das 19h30 às 21h30. O curso é gratuito. 

segunda-feira, 20 de março de 2017

Show de Física

Criado pelo professor do Instituto de Física (IF) da USP, Fuad Daher Saad, o Show de Física promove apresentações diárias que ajudam alunos a entender eletricidade, óptica, ondas mecânicas e sonoras, termodinâmica e outros tópicos da física. Para isso, interatividade é a palavra-chave, já que os estudantes não ficam apenas assistindo, mas protagonizam os experimentos. “Sem essa participação, o show não existe”, afirma o idealizador do projeto. O Show de Física é gratuito e acontece de segunda a sexta-feira, com sessões às 9 e às 14 horas. O Instituto de Física fica na Travessa R da Rua do Matão, número 187, na Cidade Universitária, em São Paulo. Visitas podem ser agendadas pelo telefone (11) 3091 -6642. Mais informações: site http://web.if.usp.br/showdefisica/

segunda-feira, 13 de março de 2017

I Seminário Internacional Arquivos, Mulheres e Memórias

O I Seminário Internacional Arquivos, Mulheres e Memórias visa estimular reflexões epistemológicas e metodológicas, de caráter interdisciplinar, acerca dos desafios e potencialidades dos arquivos de mulheres. Realizado pelo Centro de Pesquisa e Formação do SESC e o Instituto de Estudos Brasileiros da USP, com o apoio da Capes, tem como objetivo pensar os arquivos como espaços para a valorização da memória feminina e como fontes para a escrita da história. O seminário será composto de 10 mesas, conferência de abertura e conferência de encerramento e acontecerá ao longo de quatro dias, de 28 a 31 de março. A programação completa pode ser verificada e as inscrições feitas no site do Centro de Pesquisa e Formação do SESC.

USP Talks aborda a regulamentação do uso terapêutico da maconha

A regulamentação do uso terapêutico da maconha e dos seus derivados — os chamados canabinoides — é um dos temas mais polêmicos da atualidade e também assunto do "USP Talks – Cannabis", que acontece no dia 29 de março. O evento é promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa da USP e Jornal O Estado de S. Paulo, com apoio da Livraria Cultura. No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recentemente autorizou, pela primeira vez, a importação e o registro de remédios à base de canabinoides; enquanto que a Justiça autorizou alguns pais a cultivarem maconha em casa para o uso medicinal de seus filhos. Evidências sugerem que substâncias presentes na planta podem aliviar os sintomas de diversas doenças, como câncer, epilepsia, esclerose múltipla e uma série de transtornos psiquiátricos. O uso da maconha in natura, porém, segue proibido no país, tanto para uso medicinal quanto recreativo. O que a ciência e a medicina têm a dizer sobre isso? Este será o tema discutido pelos especialistas José Alexandre Crippa, da Universidade de São Paulo, e Ronaldo Laranjeira, da Universidade Federal de São Paulo — duas das maiores autoridades científicas sobre o assunto no país. O debate acontece no dia 29 de março, quarta-feira, das 12h30 às 13h30, no Teatro Eva Herz da Livraria Cultura. Transmissão ao vivo pela internet. A entrada é gratuita, com distribuição de senhas a partir das 11h30. Mais informações na página do Facebook. (Fonte: Eventos USP)

Rede Local de Segurança Alimentar e Nutricional

Amanhã, dia 14 de março, terça-feira, das 9h15 às 12h15 no NGDO - Auditório do Parque da Previdência (Rua Pedro Piccinini, 82, próximo ao semáforo), reunião mensal da Rede Local de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do Butantã. Na pauta deste encontro: - Calendário de Reuniões para 2017 - reiterar e levantar locais; - Plano Regional de Segurança Alimentar e Nutricional do Butantã - encaminhamentos para elaboração; - Plano Diretor Regional do Butantã - reconhecimento e encaminhamentos. Informes sobre: - atividades de SANS no BT (hortas, composteiras, viveiros, reciclagem no Parque Raposo Tavares e em outros locais do BT; - retorno sobre as visitas ao governo local (Prefeitura Regional, Diretoria Regional Educação, Supervisão Técnica de Saúde, Supervisão de Assistência Social) e - ações direitos humanos. As reuniões da Rede Local SANS do Butantã acontecem sempre na segunda terça-feira de cada mês e contribuições para lanche coletivo são bem-vindas.

Conversando sobre descarte de lixo no Real Parque

No dia 16 de março, quinta-feira, às 19h00, acontecerá uma Roda de Diálogo sobre a questão do lixo no Projeto Casulo (Rua Paulo Borroul, 100 - Real Parque). Nas comunidades Real Parque e Jardim Panorama, como em tantas outras, o descarte de lixo em condições e locais inadequados é um dos principais fatores de conflito entre moradores, além de colocar em risco a saúde das pessoas e do meio ambiente. Por isso o Projeto Casulo e o GT Meio Ambiente da Rede Real Panorama convidam lideranças, moradores e interessados pelo tema para uma conversa formativa e construtiva. Outras informações: 3759-5928.



Novíssimo cinema brasileiro - Filmes e debates

A Mostra "Novíssimo Cinema Brasileiro" do CINUSP chega a sua 6ª edição convidando o público para prestigiar o que há de melhor em nosso cinema mais recente. Entre os dias 13 de março e 7 de abril, serão exibidos 22 longas-metragens, incluindo 6 pré-estreias e várias sessões especiais com debates, além de curtas-metragens. O evento terá filmes como Aquarius, dirigido por Kleber Mendonça Filho e premiado em festivais internacionais como o de Roterdã, compondo a programação. Parte importante da mostra são os debates. O deputado federal Jean Wyllys estará presente para falar sobre "Entre Homens de Bem", juntamente com os diretores. "Jovens Infelizes" ou "Um Homem que Grita não é um Urso que Dança", vencedor do Festival de Tiradentes em 2016, terá mesa de debate com o diretor Thiago B. Mendonça e a professora Patrícia Moran. Após a exibição de "O Silêncio do Céu", terá debate com diretor, Marco Dutra, e a professora Cecília Mello. Alguns debates acontecem em conjunto com pré-estreias: logo no primeiro dia de mostra será exibido "Pitanga", dirigido por Beto Brant e Camila Pitanga, seguido de debate com o diretor. "Elon Não Acredita na Morte" também será debatido por seu diretor, Ricardo Alves Jr.. A artista Dora Longo Bahia também participa de debate, em conjunto com o filósofo Vladimir Safatle, após a exibição do filme "O Caso Dora", dirigido por ela. Vencedor do Prêmio do Júri Popular e do Prêmio Especial do Júri no Festival de Brasília 2016, "Martírio" terá debate com os diretores Vincent Carelli e Tatiana Soares de Almeida, também montadora, e a professora Esther Hamburger. Completam as pré-estreias Rifle, de Davi Pretto e o filme experimental dirigido e atuado pelo casal Melissa Dullius e Gustavo Jahn, "Muito Romântico". As sinopses e datas dos filmes e debates podem ser acessadas neste documento e no site do CINUSP. Consulte o site e organize a sua agenda! (Texto do Cinusp).