sábado, 5 de janeiro de 2013

Bixiga, artes e ofícios

A exposição "Bixiga artes e ofícios" fica aberta para visitação até o dia 31 de janeiro no Centro de Preservação Cultural (CPC), Casa de Dona Yayá (Rua Major Diogo, 353 – Bela Vista, São Paulo) – um órgão subordinado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP. Em cartaz desde o final de agosto de 2012, esta exposição é parte do projeto "Bixiga em Artes e Ofícios: Percursos Audiovisuais" que foi concebido pelo CPC para estreitar a relação entre a USP e a cidade. Para tanto, o CPC convidou moradores, frequentadores e trabalhadores para mapear os fazeres de artesãos e artistas do Bixiga, visando ampliar o conhecimento sobre o patrimônio material e imaterial da região. Para conduzir o mapeamento, foram oferecidas quatro oficinas: Cadernos de Viagem, Observação e Escrita, Videodocumentário e Fotografia. A exposição reúne os materiais e reflexões produzidos pelos participantes das oficinas e pela equipe do CPC, além de objetos, instrumentos e ferramentas dos artistas e artesãos mapeados.Na exposição também será possível acessar o site colaborativo do projeto, um ambiente virtual com a localização, a descrição e os registros escritos, sonoros e visuais dos fazeres das artes e ofícios no Bixiga. Na catergoria música, dança, por exemplo, o Bloco dos Esfarrapados (foto) – localizado na Rua Conselheiro Carrão, 466 – foi um dos locais mapeados no projeto. Ele é o mais antigo de São Paulo, criado em 1947, o nome foi inspirado nas fantasias dos foliões, que criavam seus figurinos em cima da hora utilizando roupas improvisadas. Acontece nas segundas-feiras de carnaval. A visitação é gratuita e está aberta de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Mais informações pelo telefone: (11) 3106-3562 ou no site do CPC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Educação e o mundo moderno - 9 e 10/8/2017

Em virtude do lançamento do livro "Hannah Arendt: a educação e o mundo moderno", organizado por José Sérgio Fonseca de Carvalho e...