quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Aprendizagem baseada em problemas

A Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da Universidade de São Paulo sediará encontro que será realizado pela primeira vez no Brasil. Entre os dias 8 e 11 de fevereiro, acontecerá a sexta edição do Congresso Internacional PBL2010 – Aprendizagem Baseada em Problemas e Metodologias Ativas de Aprendizagem – Conectando pessoas, ideias e comunidades. O congresso terá como tema o processo de aprendizagem, segundo a concepção da Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP). “Problema, no caso, é qualquer fenômeno na natureza, na cultura ou na sociedade que gera dúvidas, questionamento, curiosidade e interesse”, explica o professor Ulisses Araújo, presidente do Comitê Executivo do Congresso. .”No caso da Universidade, por exemplo, onde é muito forte o trabalho de iniciação científica, toda pesquisa é uma resposta a um problema”, complementa ele. O modelo de ensino convencional é baseado na explicação de conteúdos e transmissão de conhecimentos, até então concentrados em poucas pessoas e lugares, como o professor ou a biblioteca. Já as metodologias ativas de aprendizagem consideram que o conhecimento está diluído em milhares de plataformas – na internet ou no bairro onde cada pessoa mora, por exemplo – e que o aluno deve ter um papel ativo no processo. O aluno tem que questionar, pesquisar e descobrir coisas novas, que até mesmo o professor não havia pensado. Desse modo, o foco passa do ensino para a aprendizagem. “Esses conceitos se encaixam como uma luva na educação à distância, por exemplo, em que o pressuposto é a autonomia do aluno”, complementa Araújo.Com conferências, simpósios, workshops, além de apresentação de pesquisas, experiências e pôsteres, o Congresso Internacional PBL2010 pretende levar os participantes a refletirem sobre como a Aprendizagem Baseada em Problemas e as Metodologias Ativas de Aprendizagem podem melhorar a educação básica e superior, inovando na produção de conhecimentos interdisciplinares e promovendo o intercâmbio de pessoas com diferentes formações acadêmicas e realidades socioeconômicas.As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo site  do evento até o dia 1º de fevereiro, ou pessoalmente, na primeira data de realização do encontro. O valor é de R$ 300,00, para estudantes de graduação e professores da educação básica, e R$ 550,00, para outros profissionais brasileiros. Mais informações: pbl2010@usp.br  (Agência USP de Notícias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Educação e o mundo moderno - 9 e 10/8/2017

Em virtude do lançamento do livro "Hannah Arendt: a educação e o mundo moderno", organizado por José Sérgio Fonseca de Carvalho e...