segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Mostra Jorge Amado no Cinusp

No dia 10 de agosto de 1912, cem anos atrás, na pequena cidade de Itabuna, na Bahia, nascia Jorge Amado, um dos escritores mais famosos da literatura brasileira. Em homenagem ao centenário de Jorge Amado, uma das maiores figuras da cultura popular brasileira, o CINUSP Paulo Emílio apresenta agora uma pequena mostra de filmes que reúne algumas das mais importantes adaptações de seus livros para o cinema. Estão incluídas, dentre outras, as versões bastante recentes de Quincas Berro D’Água, dirigida por Sergio Machado, e Capitães da Areia, dirigida por uma das netas do escritor, Cecília Amado. Dona Flor e Seus Dois Maridos é outro filme que ganha nova chance de ser visto ou revisto em película, na tela do cinema, pouco depois de ter perdido para Tropa de Elite 2 o posto de filme nacional mais visto nos cinemas brasileiros. Tieta do Agreste, romance que deu origem a uma das telenovelas de maior sucesso da televisão brasileira nos anos 1980, também se faz presente na mostra por meio da adaptação cinematográfica realizada por Cacá Diegues em 1996, Tieta, com Sônia Braga assumindo o papel que fora de Betty Faria na versão televisiva. Bem menos conhecida é Seara Vermelha, uma das primeiras produções cinematográficas a adaptar um romance de Jorge Amado, que ganha aqui uma rara exibição em 35mm. Também é oportuna a exibição de Gabriela, versão cinematográfica do romance Gabriela, Cravo e Canela, lançada em 1983 com vistas ao mercado internacional, buscando capitalizar sobre o imenso sucesso alcançado pela adaptação televisiva deste mesmo romance, feita oito anos antes e exportada para inúmeros países desde então. Trazendo no papel da protagonista a mesma atriz que a encarnara na famosa telenovela, Sônia Braga, e escalando para o papel de seu par romântico um astro internacional (Marcello Mastroianni), o filme foi dirigido por Bruno Barreto, o mesmo do sucesso Dona Flor. Como o mesmo romance acaba de ser novamente transformado em telenovela, atualmente em exibição na Rede Globo, a revisão deste filme pode dar ensejo a uma proveitosa comparação entre as linguagens televisiva e cinematográfica e ao modo como cada qual acolhe e traduz em imagens e sons o universo verbal do escritor. Por fim, complementa a programação o curta-metragem O Capeta Carybé, documentário sobre o artista plástico responsável pelas ilustrações de inúmeros livros de Jorge Amado, que conta com um texto do próprio escritor sobre seu amigo e colaborador. O CINUSP Paulo Emílio fica na Rua do Anfiteatro, 181 – Colmeia, Favo 04 (sala de exibição). A entrada é franca e você pode acompanhar os horários de exibição pelo site www.usp.br/cinusp.Informações: 3091-3540/3152.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reunião Rede Butantã - 6/dezembro/2017

No dia 6 de dezembro , quarta-feira, das 9h00 às 12h00, reunião da Rede Butantã de entidades e Forças Sociais no Centro de Referência em Se...