quarta-feira, 8 de maio de 2013

Cinema policial japonês

Com o apoio da Fundação Japão, a Cinemateca Brasileira (Largo Senador Raul Cardoso, 207) apresenta, entre os dias 14 e 22 de maio, um ciclo de filmes policiais japoneses, gênero narrativo que ocupa lugar de destaque na cinematografia do Japão. Lançada entre os anos 1990 e 2000, a maioria das produções foi premiada em festivais dentro e fora do país. Serão exibidos Recanto secreto (1997), de Shinobu Yaguchi, aventura policial sobre uma jovem que tenta reaver o dinheiro de um roubo a banco, Muita adrenalina (1999), também de Shinobu Yaguchi, comédia policial sobre um casal de jovens que se envolve numa trama de perseguição; Sequestro (1997), de Takao Okawara, filme de suspense sobre o sequestro de um alto executivo; Verão negro – falsa acusação (2000), de Kei Kumai, suspense sobre dois estudante que procuram desvendar os mistérios do ataque com gás sarin ocorrido em 1994 no Japão, uma produção exibida no Festival de Berlim de 2001. O destaque do ciclo fica por conta da exibição de Sonatine – Adrenalina máxima (1993), de Takeshi Kitano. Um dos pontos altos da carreira do cineasta, comediante, ator e apresentador de televisão, Sonatine – Adrenalina máxima narra a história de um grupo de gangsteres que se refugia numa praia depois de sofrer uma emboscada. O filme concorreu à Palma de Ouro do Festival de Cannes de 1993. A programação completa está disponível no site da Cinemateca


Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Educação e o mundo moderno - 9 e 10/8/2017

Em virtude do lançamento do livro "Hannah Arendt: a educação e o mundo moderno", organizado por José Sérgio Fonseca de Carvalho e...