terça-feira, 27 de outubro de 2015

Irmandades Negras: outro espaço de luta e resistência

O Cedem, Centro de Documentação e Memória da Unesp, promoverá debate sobre o livro de Antonia Aparecida Quintão: “Irmandades Negras: outro espaço de luta e resistência (São Paulo: 1870 – 1890), 1ª edição – Editoras Annablume e Fapesp, no dia 9 de novembro, segunda-feira, às 18h30. A autora discute, a partir de levantamento e análise histórica de documentos, o papel das irmandades religiosas negras no século XIX como espaço de solidariedade, resistência cultural, religiosidade e identidade racial, a despeito das tentativas da classe senhorial e das elites de controlá-las, conformando-as à estrutura da sociedade escravista. A análise sustenta-se na configuração de três seções nucleares - a constituição e organização das irmandades religiosas, o papel destas organizações ante a ingerência do catolicismo tradicional, bem como as mudanças provenientes da implantação do catolicismo ultramontano e a relação entre as irmandades negras e o movimento dos caifazes de Antonio Bento. Movimentando-se sobre esses pontos, Antonia Quintão disponibiliza ao leitor dados e informações sobre as irmandades religiosas, destacando-as na constelação de organizações sociais do século XIX que imprimiram, direta ou indiretamente, novos rumos à história do negro brasileiro e, por extensão, à dinâmica social.Inscrições gratuitas - enviar nome completo, e-mail e instituição para: Sandra Santos (organização e produção), e-mail: ssantos@cedem.unesp.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Educação e o mundo moderno - 9 e 10/8/2017

Em virtude do lançamento do livro "Hannah Arendt: a educação e o mundo moderno", organizado por José Sérgio Fonseca de Carvalho e...