terça-feira, 19 de junho de 2012

Partido Comunista Brasileiro: 90 anos

Os 90 anos de história do Partido Comunista Brasileiro (PCB): a ruptura da tradição, pesquisa em andamento com recorte na história política, de Milton Pinheiro, integrante do Núcleo de Estudos de Ideologias e Lutas Sociais (NEILS) da PUC/SP, será centro de debate promovido pelo CEDEM - Centro de Documentação e Memória da UNESP, no próximo dia 29 de junho, sexta-feira, a partir das 18h30. Participa do debate o Prof. Dr. Marcos Napolitano (Departamento de História da Universidade de São Paulo). Inscrições gratuitas c/ Sandra Santos pelo e-mail: ssantos@cedem.unesp.br. O Cedem fica na Praça da Sé, 108, 1º andar. O PCB foi fundado na cidade de Niterói no dia 25 de março de 1922 e conseguiu manter sua existência abaixo de repressão por décadas. Foi uma organização que, em torno da figura de Luis Carlos Prestes, arrebatou "as massas" após o fim do Estado Novo e chegou a ter 10% dos votos para uma eleição presidencial, tornando-se reduto político de importantes intelectuais brasileiros como Astrojildo Pereira, Graciliano Ramos, Jorge Amado, Di Cavalcanti, Oscar Niemeyer, João Saldanha, Caio Prado Júnior, Mario Lago, Dyonélio Machado, Mario Schenberg, entre outros. Desta forma, Milton Pinheiro procura analisar a trajetória do PCB como operador político, protagonista das lutas sociais e culturais até o final dos anos 1970 e a perda da influência política que marcou os anos 1980, quando consolidou-se a crise política e orgânica do Partido mais antigo da história do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Educação e o mundo moderno - 9 e 10/8/2017

Em virtude do lançamento do livro "Hannah Arendt: a educação e o mundo moderno", organizado por José Sérgio Fonseca de Carvalho e...