sexta-feira, 7 de junho de 2013

Alain Resnais: O revolucionário discreto

No dia 3 de junho de 2013, o francês Alain Resnais completou 91 anos de idade e continua dirigindo filmes na condição de um dos mais importantes, prestigiados e originais cineastas em atividade. Aproveitando a ocasião, o CINUSP Paulo Emílio, em parceria com a Cinemateca da Embaixada da França no Brasil, apresenta uma mostra em homenagem ao realizador, na qual estão reunidos dez de seus mais importantes longas-metragens, além de cinco dos curtas-metragens que dirigiu no início de sua carreira e de um documentário sobre sua vida e obra, produzido para a televisão francesa em 1980. Artista de fundamental importância para a formação do chamado cinema moderno, precursor da Nouvelle Vague e grande inovador da linguagem cinematográfica, Resnais manteve uma postura discreta em relação às suas ideias e sua vida particular, permitindo que sua obra fosse a expressão acabada de sua proposta estética. Ainda em atividade, o diretor continua transgredindo dogmas e fórmulas pré-concebidas do cinema narrativo e comercial, sem qualquer sinal de cansaço ou comodismo, em filmes ainda ousados na forma e instigantes no conteúdo. Esta retrospectiva permite uma oportuna revisão da obra de um dos mais importantes cineastas vivos, com grande parte dos filmes exibidos em cópias de 35mm, como originalmente concebidos. A mostra vai até o dia 14 de junho com duas sessões diárias. Veja a  programação completa em www.usp.br/cinuspInformações: 3091-3504.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Educação e o mundo moderno - 9 e 10/8/2017

Em virtude do lançamento do livro "Hannah Arendt: a educação e o mundo moderno", organizado por José Sérgio Fonseca de Carvalho e...